segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

São Silvestre Cidade do Porto - Classificações

A classificação geral da tradicional São Silvestre do Porto realizada ontem, dia 27 de Dezembro, pode ser consultada aqui.

A prova teve o seu início pelas 18h30 sob condições climatéricas adversas (frio e chuva).

São Silvestre da Cidade do Porto - 27 de Dezembro

Watch live streaming video from runporto at livestream.com

domingo, 27 de dezembro de 2009

7ª São Silvestre de Gaia - 26 de Dezembro

Podem ser consultados aqui os resultados da 7ª edição da São Silvestre de Gaia, que se realizou ao fim da tarde de sábado entre o cais daquela cidade e a Afurada.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Grande Prémio de Pigeiros - Santa Maria da Feira

Numa manhã de muito frio, os atletas do GDSPO participaram ontem, dia 20 de Dezembro, no Grande de Pigeiros (Santa Maria da Feira).

Orlando Valente classificou-se em 5º lugar no escalão de Veteranos.

A prova teve uma extensão de cerca de 7 000 metros.
A próxima prova - São Silvestre do Porto - terá lugar já no dia 27 de Dezembro.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

8º Grande Prémio da Palhaça - Oliveira do Bairro

Decorreu ontem, dia 13 de Dezembro, em Oliveira do Bairro o 8º Grande Prémio da Palhaça onde, mais uma vez, estiveram presentes alguns atletas do GDSPO.

Ver resultados aqui.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

52ª Volta a Paranhos - 8 de Dezembro

Os atletas do GDSPO deslocaram-se ontem, dia 8 de Dezembro, à cidade do Porto para participarem na tradicional Volta a Paranhos, que este ano teve a sua 52ª edição.


Avelino Freitas

Nuno Pinto
Mário Nogueira




segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

8º Grande Prémio de Atletismo - Vila da Palhaça - Dia 13 de Dezembro

Consulte aqui o programa / regulamento completo do 8º Grande Prémio de Atletismo que irá ter lugar no próximo Domingo, dia 13 de Dezembro, na Vila da Palhaça em Oliveira do Bairro.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Corta Mato de Abertura / 1º Cross Carlos Vítor - Mozelos

Teve início ontem, dia 5 de Dezembro, a época de Corta-mato com a realização do 1º Cross Carlos Vitor, em Mozelos (Santa Maria da Feira).
Numa tarde invernosa, o GDSPO fez-se representar por:
-José Machado - 17º (Iniciado masculino)
-Orlando Valente - 20º (Veterano masculino)
-Avelino Freitas - 32º (Veterano masculino)
-Jorge Silva - 61º (Veterano masculino)
A próxima prova realiza-se já na próxima terça-feira, 8 de Dezembro, na cidade do Porto com a tradicional Volta a Paranhos.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

1º Grande Prémio de Arada - 8 de Novembro

Os atletas do GDSPO participaram no 1º Grande Prémio de Arada (Concelho de Ovar) que se realizou no passado Domingo, dia 8 de Novembro debaixo de chuva.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

12ª Corrida do Castelo - Santa Maria da Feira

Os resultados completos da 12ª Corrida do Castelo, realizada no dia 18 de Outubro, podem ser consultados aqui.

XIV Grande Prémio 11 de Outubro - São João da Madeira

Estão disponíveis aqui os resultados do XIV Grande Prémio 11 de Outubro - São João da Madeira - disputado no passado dia 10 de Outubro.
Destaque para os seguintes atletas do GDSPO que participaram neste evento:
- Emanuel Santos - 61º (Benj. Masculino)
- Orlando Valente - 69º (Veterano Masculino)
- José Gomes - 111º (Veterano Masculino)
- Nuno Pinto - 120º (Sénior Masculino)

segunda-feira, 13 de julho de 2009

7º Grande Prémio de Argoncilhe - 12 de Julho

As classificações do 7º Grande Prémio de Argoncilhe encontram-se disponíveis aqui.

Meia Maratona de Matosinhos - 12 de Julho de 2009


Foi sem surpresa que os atletas africanos dominaram por completo a quinta edição da Meia Maratona de Matosinhos, com destaque para o vencedor, o queniano Kenneth Kiplimo, que desde os primeiros quilómetro se lançou na frente da corrida, sendo apenas seguido de perto pelo seu compatriota Peter Kosgey.

À passagem dos três quilómetros, já levavam uma vantagem confortável sobre a concorrência, onde se encontravam também outros atletas de origem africana, deixando pouco espaço de manobra aos portugueses Hermano Ferreira, José Moreira e Rui Teixeira, que se ajudaram durante a prova, não evitando, contudo, que os quatro primeiros lugares acabassem na posse dos atletas africanos.

Hermano Ferreira, do Maratona, acabou por ser o melhor português, ao terminar na quinta posição, a mais de dois minutos do vencedor, logo seguido de José Moreira, dos Cyclones e de Rui Teixeira, do Joane.

Em femininos, a valia técnica das atletas presentes ficou aquém do verificado noutras edições, mas ainda assim a queniana Priscaa Jeepto não só venceu, como convenceu, com uma marca que é o seu recorde pessoal na distância e um registo de grande qualidade: 1:11:04. Foi preciso esperar 9 minutos e 29 segundos para que a segunda atleta feminina, a veterana Fátima Silva, do Clube Desportivo da Póvoa, cruzasse a linha de meta.

Na prova de cadeiras de rodas, Alberto Baptista, face à ausência do seu rival, limitou-se a controlar o andamento, tendo inclusivé ajudado os atletas portugueses que seguiam na frente da corrida e terminou com um tempo modesto para além da uma hora: 1:02:42.


domingo, 5 de julho de 2009

Luís Silva (Adercus) e Anália Rosa (Maratona) - Vencedores do XXI Grande Prémio GDSPO - NOVO!!!

Realizou-se hoje, dia 5 de Julho, o XXI Grande Prémio do GDSPO. Numa manhã em que a chuva chegou a marcar presença na vila de São Paio de Oleiros (Santa Maria da Feira), foram centenas os atletas e caminheiros que marcaram presença nesta prova.

Os grandes vencedores das provas principais foram Luís Silva (Adercus) - atleta que já chegou a representar o clube organizador - e a fundista internacional, Anália Rosa, que fez questão de manifestar publicamente o prazer que sentiu em aceitar o convite do presidente Armindo Belinha.



Os atletas do GDSPO também participaram em grande número, tendo colectivamente obtido um 5º lugar em Séniores Masculinos e um 3º em Veteranos Masculinos.

Fotos disponíveis na barra do lado direito.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Resultados GP São João de Ver - dia 27 de Junho

As equipas do GDSPO subiram ao pódio nos escalões de Séniores Masculinos (3º lugar) e de Veteranos I (2º lugar).

Estão disponíveis os resultados completos aqui.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

30ª Corrida das Fogueiras - Peniche

Os resultados da 30ª Corrida das Fogueiras, realizada no passado sábado dia 27 de Junho, podem ser consultadas aqui.

domingo, 28 de junho de 2009

Resultados da 10ª EDP Gás Corrida Festas Cidade do Porto, realizada hoje 28 de Junho, já disponíveis aqui.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Milha do Dragão




Prova organizada pelo Futebol Clube do Porto


Manuel Damião, que no sábado, em Málaga, tentará o mínimo para o Mundial de Berlim aos 1.500 m, ganhou ontem a Milha do Dragão, já tradicional organização do FC Porto, à volta do seu estádio.


O atleta do Maratona, de 30 anos, gastou 4m 13s, derrotando dois atletas da casa, Bruno Albuquerque (2.º) e Yousef el Kalai (3.º), ambos com 4.14. Classificaram-se a seguir Eduardo Mbengani (4.15), Tiago Rodrigues (4.17) e António Travassos (4.19).


Na prova feminina, a portista Lilian Silva foi folgada vencedora, em 4m 50s, deixando Jessica Augusto, ainda longe da forma devido a problemas físicos, a largos 3 segundos. Seguiram-se três atletas da casa: Lídia Sousa (4.54), Mónica Silva (4.58) e Sónia Fernandes (5.02).


Hiponatremia? Já ouviste falar?


Ingerir quantidades excessivas de água pode quebrar o equi­líbrio dos minerais e outras substâncias no nosso organismo, cujas cargas positiva e negativa se podem compensar entre si numa situação normal.

Uma das consequências é a hiponatremia, uma quebra dos níveis de sódio no sangue, que pode pro­vocar edema, inflamação dos vasos sanguíneos e das células, o que pode ser perigoso. Mas não há motivo de alarme, o nosso corpo é capaz de com­pensar grandes quantidades de água ingerida.

Só em situações limite como dietas muito restritas que não fornecem os minerais necessários ou problemas cardíacos ou renais que limitem a eli­minação de água, podem provocar este transtorno.

De qualquer forma, não existe razão para beber mais de 3 litros de ma­neira repartida ao longo do dia. Se fazes exercício intenso, é recomendável tomares também alguma bebida desportiva para manter os electrólitos.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

XXIII Escalada do Mendro - Polémica nas classificações

Decorreu no passado dia 11 JUNHO de 2009 (5ª feira – Feriado Nacional do Corpo de Deus), na Vidigueira, o evento denominado “XXIII Escalada do Mendro”, integrado no Circuito Nacional de Montanha SALOMON’2009 e Campeonato Distrital Absoluto de Corrida em Montanha, da Associação de Atletismo de Beja, organizado pela Câmara Municipal de Vidigueira em colaboração com as Terras de Aventura, da Associação de Atletismo de Beja e do Clube da Natureza de Alvito.
O grande número de participantes, cerca de 500, aliado à excelente qualidade de muitos dos participantes, sendo de destacar a presença de vários atletas da Conforlimpa e do Maratona, faziam antever um grande espectáculo de atletismo em pleno Alentejo. Contudo, a prova principal, na distância de 10 km, acabaria por ficar manchada pela má sinalização da mesma, originando mesmo uma chegada em protesto (atletas alinhados na chegada à meta) dos 16 primeiros atletas.
Depois de os atletas terem mostrado o seu descontentamento à organização, ficou decidido atribuir a classificação a cada um dos atletas correspondente à sua posição aquando da passagem pela zona de má sinalização. O grande vencedor foi Paulo Gomes, da Conforlinpa, seguido de Aires Sousa e Luis Feiteira.
Texto extraído de

terça-feira, 16 de junho de 2009

Faz melhor a digestão!

1. Mastiga bem os alimentos antes de os engolir. Reserva sempre um horário para comer com calma e num ambiente tranquilo.

2. Não fiques muito tempo de estômago vazio. Caso fiques mais de quatro horas sem comer, prepara um lanche saudável ou come fruta.

3. Evita deitares-te depois das refeições.

4. Abusa das frutas, verduras e legumes. Evita alimentos com gordura e condimentados.

5. Toma medicamentos somente com orientação médica.

6. Evita ingerir bebidas alcoólicas de estômago vazio e fá-lo com moderação.

7. Evita beber líquidos às refeições.

Cuidados a ter com a alimentação

domingo, 14 de junho de 2009

Spot publicitário da EDP GAS 10ª Corrida Festas da Cidade do Porto - dia 28 de Junho

SPOT EDP GAS 10º CORRIDA FESTAS DA CIDADE DO PORTO from pixbee on Vimeo.

Resultados do Grande Prémio de Atletismo Dr. Celso Costa (Pedroso - Vila Nova de Gaia) - 14 de Junho

Teve lugar hoje, dia 14 de Junho, o Grande Prémio de Atletismo Dr. Celso Costa. Com partida em frente ao Estádio Dr. Jorge Sampaio, os atletas tiveram que percorrer uns 10 000 metros bastante difíceis, com inúmeras súbidas e descidas. A meta estava colocada no final da conhecida subida da Senhora da Saúde, nos Carvalhos.
A prova contou com a presença de alguns atletas do GDSPO, incluindo o seu Presidente, Armindo Belinha, que participou na Caminhada de 4 000 metros.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

GDSPO na Corrida Caminhada pelo Ambiente

Alguns atletas do GDSPO marcaram presença na "Corrida Caminhada pelo Ambiente" que se realizou hoje, dia 10 de Junho, junto ao Parque da Cidade (na marginal da Foz do Douro). O evento ficou marcado pelo tempo invernoso que se fez sentir (vento e chuva); no entanto, as condições adversas não retiraram o mínimo de ânimo aos nossos atletas.

Com partida frente ao "famoso" Edifício Transparente (Via do Castelo), as centenas de participantes calcorrearam os 6000 metros de prova, passando pela Praça Gonçalves Zarco, subindo a Av. Da Boavista (lado descendente), virando à esquerda na Av. Do Parque da Cidade, seguindo pela Rua da Vilarinha, Rua Vila Nova, descendo pela Estrada interior da Circunvalação, virando à esquerda na Praça Cidade do Salvador, passando de novo em frente ao Edificio Transparente, contornando a Praça Gonçalves Zarco e, finalmente, chegando à meta que se encontrava na Via do Castelo (à porta do Edifício Transparente).

Os nossos atletas cortaram a meta nas seguintes posições:

12º - Orlando Valente
38º - José Ribeiro
50º - Manuel Freitas
53º - José Sá
90º - Jorge Silva

Texto da autoria de José Ilídio Sá

José Moreira vence Meia Maratona da Figueira da Foz


«Eu próprio estou surpreendido» - foi assim que José Moreira reagiu à vitória alcançada na quinta edição da Meia Maratona Figueira da Foz, hoje disputada, depois de ter conseguido vencer ao sprint o queniano Peter Kosgey, quando à passagem da primeira volta, com cerca de 12 quilómetros percorridos, o atleta queniano assumiu o comando da corrida, parecendo deixar para trás José Moreira e também Ricardo Ribas do Maratona, que viam Peter Kosgey a ganhar terreno na frente. Contudo e mercê de uma recuperação espectacular, José Moreira conseguiu colar-se ao atleta queniano e foi mais forte na ponta final, perante o entusiasmo do público que não parou de apoiar o atleta que representa Os Cyclones, e que irá se estrear pela selecção portuguesa na Taça do Mundo da Maratona, marcada para Agosto, no decorrer dos Campeonatos do Mundo de Atletismo.
Moreira terminou com o tempo de 1:06:01, uma marca prejudicada em grande parte pelo vento que se fez sentir na aproximação do cabo Mondego.Na competição feminina, foram poucas as atletas inscritas, deixando caminho aberto para uma vitória, folgada, da queniana Prisca Jeepto com uma marca que constitui novo recorde da prova, um máximo de muito bom nível técnico: 1:12:12 horas. Carla Martinho, da ADERCUS foi segunda classificada, a quase 9 minutos da vencedora da prova.


Texto retirado de

segunda-feira, 8 de junho de 2009

1000 visitas em 20 dias!!!

Em apenas 20 dias, tivemos 1000 visitas ao blogue do GDSPO!

Esperemos que este ritmo se mantenha... Saudações desportivas a todos os nossos visitantes! Não se esqueçam de continuar a visitar esta nossa "casa virtual"... acrescentem comentários!

Já agora, no próximo dia 5 de Julho contamos com a vossa presença no nosso XXI Grande Prémio.

Resultados Completos do Campeonato Nacional de Montanha 2009 (FPA) - 20º Grande Prémio Serra da Estrela - Subida do Vale da Bouça


Aires Sousa (FC Penafiel) venceu a prova masculina do Campeonato Nacional de Corrida em Montanha, disputado na Serra da Estrela, com partida da aldeia da Bouça e chegada nas Penhas da Saúde. Aires Sousa gastou 54m09s para os 12 000 metros do percurso efectuado no sistema “sempre a subir” e destacou-se na parte final de José Gaspar (GD 3 Santos Populares) que demorou mais 13 segundos e do jovem Rui Muga (GC Bragança) que chegou 14 segundos depois. Por equipas, o GDC Castelo de Paiva revalidou o seu título nacional.

Na prova feminina, Lucinda Moreira (NCL Sport Clube) somou mais um título nacional ao seu palmarés ao concluir em 55m13s os 8 000 metros do percurso. Márcia Martins (Adercus) foi a 2ª classificada em 56m29s e Lurdes Monteiro (NA Matosinhos) classificou-se em 3º lugar com 57m22s. O NA Matosinhos venceu colectivamente.Bebiana Soares (FC Penafiel) e o GDAC Bouça foram os vencedores em Juniores femininos e Miguel Santos (ARC Vila de Rei) e o GDRC Estrela de Cortes em Juniores masculinos. Emanuel Machado (EB Prof. Gonçalo Sampaio e Silvana Pimenta (FC Penafiel) são os campeões de sub-23.

A iniciativa foi organizada conjuntamente pelo GDAC Bouça, Associação de Atletismo de Castelo Branco e Federação Portuguesa de Atletismo.




domingo, 7 de junho de 2009

Portugal triunfa na Taça da Europa dos 10 000 metros


Foi muito produtiva a participação portuguesa na Taça da Europa de 10000 metros, prova que se disputou hoje na Ribeira Brava, Madeira. 4 atletas portugueses completaram abaixo dos mínimos para o Mundial de Ar Livre.

Foi uma tarde de grande nível na pista da Ribeira Brava e Portugal acabou por conquistar duas vitórias colectivas de grande nível, além da vitória individual de Inês Monteiro.

Na prova feminina a vitória foi então para a portuguesa Inês Monteiro que com 31.34,17 minutos conquistou um novo recorde pessoal, por mais de 40 segundos (!). Ana Dulce Félix (3ª) e Ana Dias (4º), foram as duas outras portuguesas a conquistarem mínimos "A" para o Mundial de Ar Livre, com tempos abaixo de 31.45 minutos. Além destes mínimos, Inês Monteiro e Ana Dulce Félix, por se terem classificado dentro dos três primeiros lugares, conseguiram lugar directo para o Europeu de Ar Livre, a ser disputado no próximo ano em Barcelona.

Do lado masculino, foi Rui Pedro Silva (2º) o melhor português em competição, com o registo de 28.01,63, confirmando o mínimo que já possua para o Mundial, marca que é recorde pessoal para o atleta. José Rocha (3º) também realizou uma excelente prova, tendo ficado à beira do mínimo "B". Neste momento apenas Rui Pedro Silva terá a possibilidade de estar no Mundial de Ar Livre.

Colectivamente, Portugal não deu hipótese, conquistando o lugar cimeiro em ambos os géneros.

RESULTADOS
Femininos:

Individuais
1. Inês Monteiro (POR) - 31.34,17
2. Olivera Jetvic (SRB) - 31.35,92
3. Ana Dulce Félix (POR) - 31.40,60
4. Ana Dias (POR) - 31.42,94
5. Christelle Daunay (FRA) - 32.02,03
6. Fernanda Ribeiro (POR) - 32.20,08
...
8. Marisa Barros (POR) - 33.04,58
13.Leonor Carneiro (POR) - 33.38,11

Colectivos
1. Portugal - 1:34.57,71 hora
2. Grã-Bretanha - 1:40.44,06

Masculinos:

Individuais
1. José Martinez (ESP) - 27.57,61
2. Rui Pedro Silva (POR) - 28.01,63
3. José Rocha (POR) - 28.15,44
4. Sergey Ivanov (RUS) - 28.24,83
5. Manuel Penas (ESP) - 28.25,10
...
10.José Ramos (POR) - 28.47,49
12.Licínio Pimentel (POR) - 28.29,47
21.Hermano Ferreira (POR) - 29.13,75
30.Leonel Fernandes (POR) - 30.42,40

Colectivos
1. Portugal - 1:25.04,56 hora
2. Russia - 1:25.35,97
3. Espanha - 1:25.40,00

Texto e imagem retirados de
http://www.atleta-digital.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2424&Itemid=51

Corrida - Dicas e Benefícios

XXIII Escalada do Mendro - Vidigueira - 11 de Junho

A Câmara Municipal de Vidigueira através dos Serviços de Animação e Desporto organiza, no próximo dia 11 JUNHO de 2009 (5ª feira – Feriado Nacional do Corpo de Deus), com a colaboração das Terras de Aventura, da Associação de Atletismo de Beja e do Clube da Natureza de Alvito, uma competição de Atletismo, uma Marcha pedestre e Corridas Jovens, que constituem o evento denominado “XXIII Escalada do Mendro”, integrado no Circuito Nacional de Montanha SALOMON’2009 e Campeonato Distrital Absolutode Corrida em Montanha, da Associação de Atletismo de Beja.
Para consultar o regulamento Clique Aqui:
Ficha de Inscrição Clique Aqui:
Folheto de Divulgação Clique Aqui:

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Campeonato Nacional de Montanha 2009 (FPA) - 20º Grande Prémio Serra da Estrela - Subida do Vale da Bouça

Realiza-se no próximo sábado o Campeonato Nacional de Montanha 2009 da Federação Portuguesa de Atletismo, prova integrada no 20º Grande Prémio Serra da Estrela – Subida do Vale da Bouça.
Competição no sistema “sempre a subir”, uma vez que o Campeonato Europeu a realizar-se a 12 de Julho em Telfes im Stubai (Austria) possui estas mesmas características. Provas com início às 17h30 com as Juniores Femininas (4000m) seguida das principais competições às 18h00: Seniores Femininas e Juniores Masculinos (8000m) e Seniores Masculinos (12000m)

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Correr ou caminhar podem ser um bom remédio contra a depressão


Uma caminhada ou corrida de 30 minutos, praticada três vezes por semana, podem ser tão eficientes no tratamento da depressão aguda como a utilização de medicamentos tradicionais.

Esta é a conclusão de uma pesquisa da Universidade de Duke (EUA), publicada na prestigiada revista ‘The Archives of Internal Medicine’.

No estudo, que durou 16 semanas, 156 pacientes com depressão aguda foram divididos em três grupos. Um grupo foi tratado com o reconhecido remédio Zoloft. O segundo recebeu as doses do remédio e também passou a praticar exercícios regularmente. E o terceiro ficou só nos exercícios. Para surpresa dos pesquisadores, no final do estudo todos os três grupos apresentaram melhoras significativas e similares.

“Uma das conclusões que podemos tirar deste estudo é que os exercícios regulares podem ser tão eficientes como a medicação e podem inclusive ser uma alternativa melhor para certos pacientes”, diz o psicólogo James Blumenthal, chefe da equipa.

“Quase um terço dos pacientes com depressão não respondem aos medicamentos e em muitos outros a medicação provoca efeitos colaterais indesejáveis. Por isso, os exercícios devem ser considerados uma opção válida de tratamento”.

Blumenthal explica que, além dos benefícios fisiológicos, a prática regular de exercícios também contém um ingrediente social que auxilia no tratamento da depressão. “tomar uma pastilha é uma atitude muito passiva”, diz. “Exercitar-se, por outro lado, demanda um comprometimento por parte do paciente, que se reflecte na melhoria da sua auto-estima e autoconfiança.”

Obviamente que a informação aqui contida não deverá por si só ser tomada como a ideal para todos os casos, não dispensando a consulta a um especialista ou acompanhamento de um treinador.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Spot publicitário do Campeonato da Europa de Equipas - Leiria - 20 e 21 de Junho

Equipa Sénior do GDSPO alcança 1º lugar no 11º G. P. Águias de Carrazedo - Cedrim (Sever do Vouga)

A equipa sénior do GDSPO (Marco Pinto, Avelino Freitas, Nuno Pinto e Jorge Silva) conquistou o 1º lugar colectivo no 11º GP Águias de Carrazedo, realizado ontem dia 31 de Maio.
Num dia de extremo calor, destaque ainda para a prestação do atleta Veterano - José Gomes - 4º classificado no seu escalão.
As duas provas, realizadas separadamente, tiveram a distância de 7 000 mts.

domingo, 31 de maio de 2009

Sporting vice-campeão da Europa

O Sporting Clube de Portugal obteve hoje, em Castellon, o 2º lugar no sector masculino da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Atletismo em Pista.
Ao longo das 20 provas que compõem o programa da competição, a formação de Alvalade amealhou 117 pontos, menos 1 que os vencedores, os russos do Luch de Moscovo, no 3º lugar classificaram-se os italianos do Fiamme Gialle com 99 pontos.
Depois de liderar a jornada de ontem, o Sporting conseguiu, numa difícil segunda jornada, segurar um lugar no pódio, ameaçando inclusive a quase inquestionável hegemonia da formação russa.
Na jornada de hoje, Francis Obikwelu e Rui Silva voltaram a vencer, desta vez nos 200 metros e 1500 metros respectivamente, mas o segundo lugar do Sporting foi assegurado também pelas excelentes prestações de Edi Maia, surpreendente 2º classificado no Salto com Vara com 5.20 metros, e da estafeta de 4x400 metros, que com um quarteto composto por Arnaldo Abrantes, Edivaldo Monteiro, António Rodrigues e João Ferreira, assegurou também o segundo lugar, com o registo final de 3:08.79.
No sector feminino, o Sporting foi 4º classificado, com 82 pontos, a 1 ponto do pódio.Na jornada de hoje, destaque para Naide Gomes, que venceu o Salto em Comprimento com 6.82 metros, para o 2º lugar de Vânia Silva no Lançamento do Martelo, com 66.52 metros, e para os 3ºs lugares de Sónia Tavares nos 200 metros (23.93) e da estafeta de 4x400 metros (3:38.04).


Decorreu hoje, dia 31 de Maio, o "Circuito dos 3 Cântaros", prova realizada na Serra da Estrela e com a duríssima extensão de 21 kms.



Para além das naturais dificuldades do relevo que os atletas tiveram que enfrentar, o calor acabou por se acrescentar aos desafios deste tipo de provas.

Resultados completos já disponíveis aqui.

sábado, 30 de maio de 2009

Fortes com mínimos, Sporting lidera na Europa

Marco Fortes, conseguiu hoje em Castellon, no decorrer da Taça dos Clubes Campeões Europeus, o mínimo de participação para os Campeonatos do Mundo de Berlim, ao lançar 19,92 metros com o peso de 7,260 Kg.
Marco teve uma série regular, abrindo o concurso com 19,21 metros (marca que o colocou na segunda posição), para no segundo ensaio lançar 18.73 metros. No 3º ensaio Marco arremessou 19.22 metros, e no quarto ensaio, depois do russo Antonin Zalsky ter consolidado a liderança provisória com 19.88 metros, Marco Fortes “tirou da cartola” uns magníficos 19.92 metros, marca com que venceu o concurso.
Para além da vitória de Marco Fortes, outras três foram obtidas pelos Leões na jornada de hoje. Francis Obikwelu regressou aos magníficos resultados que nas últimas épocas caracterizaram o atleta luso, ao vencer os 100 metros em 10.09 segundos, embora a velocidade do vento (+2.2 m/s) não permita a homologação do resultado, a marca que garantiu a vitória a Francis abre expectativas para futuras corridas. Na prova extra da distancia, Arnaldo Abrantes também venceu com o tempo de 10.28 segundos, com o vento a soprar favorável ao sentido da corrida a uma velocidade de 2.6 m/s.
Uma das vitórias esperadas na jornada de hoje, era a de Rui Silva nos 1500 metros, e o atleta do Sporting não desiludiu, controlando a corrida e vencendo ao sprint com o tempo de 3:48.14.
Outro dos resultados de excelência desta primeira jornada estava guardado para o final da sessão. O quarteto composto por Ricardo Pacheco, Arnaldo Abrantes, João Ferreira e Francis Obikwelu, venceu a estafeta de 4x100 metros com o tempo de 39.22 segundos, a segunda melhor marca portuguesa de todos os tempos, apenas a 4 centésimos do Recorde de Portugal da Disciplina.
Colectivamente, o Sporting lidera no sector masculino com 59 pontos, seguido do Luch de Moscovo com 57 pontos e dos italianos do Fiamme Gialle com 52 pontos.
No sector feminino, o Sporting também ocupa, ao final da 1ª jornada, um lugar no pódio, o terceiro com 46 pontos. A competição é liderada pelas russas no Luch do Moscovo, com 66 pontos, seguindo-se as espanholas do Valência Terra i Mar com 52 pontos.
Outros resultados da 1ª jornada:
Masculinos:
Martelo – Dário Manso – 7º - 65.36 metros
400 metros barreiras – Edivaldo Monteiro – 2º - 51.70 segundos
Comprimento – Gaspar Araújo – 4º - 7.64 metros (vento +0.7)
Altura – Roman Guliy – 5º - 2.00 metros
400 metros – João Ferreira – 5º - 47.47 segundos
5000 metros – António Travassos – 3º - 14:17.32
Femininos:
Vara – Elisabete Tavares – 2ª - 4.20 metros
400 metros barreiras – Patrícia Lopes – 3º - 58.20 segundos
Disco – Liliana Cá – 2ª - 55.61 metros
100 metros – Sónia Tavares – 3ª - 11.55 (vento +1.8)
800 metros – Carmo Tavares – 6ª - 2:07.70
400 metros – Joceline Monteiro – 6ª - 55.93
Triplo – Susana Costa – 6ª - 12.49 metros
3000 metros – Sandra Teixeira – 4ª - 9:08.85
Dardo – Sílvia Cruz – 2ª - 53.65 metros
3000 metros obstáculos – Clarisse Cruz – 5ª - 10:23.11
4x100 metros – Sporting – 3ªs – 45.06 segundos

terça-feira, 26 de maio de 2009

Ainda para os amantes da montanha, da aventura e do Alentejo... fica aqui uma excelente proposta!


Depois da heróica proeza de concluir mais uma bela e inspiradora prova de montanha, aconselho vivamente um necessário retemperar de forças com o refrescante vinho branco da Vidigueira, seguido de uma aromática e inesquecível Sopa de Cação... para a seguir vir o famoso borreguito!!!
Ficam aqui duas sugestões de locais onde podem encontrar estas iguarias...
Já agora, fica o desafio... Enviem o vosso feedback para sabermos se, de facto, os atributos da "Vila dos Gama" se confirma...

Para mais informações, visite o site oficial da prova.

Rever 5ª Maratona do Porto como fonte de inspiração para nova aventura a 8 de Novembro...

MARATONA DO PORTO from pixbee on Vimeo.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

6ª Maratona do Porto - 8 de Novembro - Plano de Treinos

Se estás a pensar (seriamente) em participar na 6ª Maratona do Porto, a realizar no dia 8 de Novembro de 2009, e não tens treinador podes orientar a tua preparação pelo Plano de Treinos disponibilizado pela RunPorto.
Não te esqueças que o desafio é duro, mas não impossível! Boa sorte!

IV Cross de Montanha da JOBRA - Resultados completos


Os atletas do GDSPO participaram no IV Cross de Montanha da Jobra, tendo obtido resultados bem interessantes:

Resultados individuais-
-16º- Orlando Valente - 45'02"
-22º- José Gomes - 46'39"
-31º- Avelino freitas - 48'52"
-51º- Jorge Silva - 55'32"
-52º- José Riberio - 55'48"

Resultados colectivos-
1 º Grupo Desp. Cult. Castelo Paiva - 9 Pts
2 º Núcleo de Atletismo Cucujães - 13 Pts
3 º JOBRA - 29 Pts
4 º Grupo Desp. S. Paio Oleiros - 46 Pts

Resultados completos aqui.

domingo, 24 de maio de 2009

Africanos dominam "meia" do Douro Vinhateiro

O tanzaniano Faustin Starehe e a queniana Prisca Jeptoo foram os vencedores da 4.ª edição da Meia-maratona do Douro Vinhateiro, em Vila Real.
Os melhores portugueses foram Rui Pedro Silva e Fernanda Ribeiro, que averbaram o 5.º e 2.º lugar, respetivamente.

Em masculinos, Starehe terminou com o tempo de 1:02.10 horas, com os quenianos Peter Kosgei (a 10 segundos), Kenneth Kiplinu (a 15) e Francis Kosgei (a 19) a ocuparem a posições seguintes. Rui Pedro Silva (1:02.36) foi o único português a fazer frente aos africanos, pois Paulo Gomes (1:03.55 horas) e José Moreira (1:03.58) ficaram já muito distantes.

No sector feminino, Jeptoo concluiu a prova em 1:12.17 horas, chegando com 21 segundos de vantagem sobre a veterana Fernanda Ribeiro, campeã olímpica dos 10.000 metros em Atlanta'1996, e quase 2 minutos sobre Leonor Carneiro, que reapareceu após prolongada lesão e gastou 1:14.09.

Classificações:
- Masculinos:
1. Faustin Starehe (Tanzânia), 1:02.10 horas
2. Peter Kosgei (Quénia), 1:02.20
3. Kenneth Kiplinu (Quénia), 1:02.25
4. Francis Kosgei (Quénia), 1:02.29
5. Rui Pedro Silva (Maratona), 1:02.36
6. Paulo Gomes (Conforlimpa), 1:03.55
- Femininos:
1. Prisca Jeptoo (Quénia), 1:12.17 horas
2. Fernanda Ribeiro (individual), 1:12.38
3. Leonor Carneiro (Maratona), 1:14.09
4. Filomena Costa (Sporting de Braga), 1:15.11
5. Mónica Silva (FC Porto), 1:16.13
Consultar classificações completas aqui

sexta-feira, 22 de maio de 2009

IV Cross de Montanha da JOBRA realiza-se a 24 de Maio

A secção de Atletismo da JOBRA – Associação de Jovens da Branca vai realizar o “IV Cross de Montanha da JOBRA” no domingo, dia 24 de Maio, na Senhora do Socorro, uma das zonas mais altas do concelho de Albergaria-a-Velha. Esta prova apresenta características de montanha e, este ano, conta com a particularidade de não só ser Campeonato Regional de Aveiro, também o Campeonato Regional do Porto, assim como a 1ª jornada da 6ª Taça de Portugal de Montanha.

De acordo com a organização, “esta interessante prova será percorrida nas encostas da Senhora do Socorro e margens do rio Caima, tendo como cenários, a Oeste, a extensa orla marítima, a Este e Sudeste as serras da Arada, Caramulo e do Buçaco”. Para além disso, a secção de Atletismo da JOBRA pretende ainda com este evento “proceder a uma homenagem ao nosso e sempre amigo, Manuel Amaral, falecido em Novembro último”.

Às 9:30 horas tem início a prova de Juniores Femininos Regional e a Taça de Portugal (4 000Mts), seguindo-se uma caminhada de 8200 Mts, com início marcado para as 10:00 horas. Posteriormente, às 10:10 horas, começa a prova de Juniores Masculinos/Seniores e Veteranas Femininas Regional e Taça de Portugal (8200 Mts). Para finalizar, às 11:10 horas, terá lugar o IV Cross de Montanha da Jobra, Regional e Taça de Portugal Montanha (11000 Mts).

A organização vai ter ao dispor de todas as pessoas uma classe de Ginástica e outra de Hip Hop, que irão actuar antes e no decorrer das provas. Estas classes destinam-se a todas as pessoas que, por algum motivo, não pretendam participar nas respectivas provas.


Regras de participação

No IV Cross de Montanha da JOBRA poderão participar atletas inscritos em qualquer associação do país, organizações populares, escolares, Inatel, entre outras. Nesta prova, não é permitida a participação de atletas estrangeiros, sem autorização prévia da organização.

Os concorrentes ao IV Cross de Montanha da JOBRA, distribuir-se-ão pelos seguintes escalões. Masculinos: juniores masculinos, seniores (até 34 anos), veteranos 1 (35 a 39 anos), veteranos 2 (40 a 44 anos), veteranos 3 (45 a 49 anos), veteranos 4 (50 a 54 anos) e veteranos 5 (mais de 55 anos). Femininos: juniores femininos, seniores (até 34 anos) e veteranas (escalão único). Cada concorrente só poderá participar no seu próprio escalão.

Sportzone Corrida da Mulher 2009

SPORTZONE CORRIDA DA MULHER 2009 from pixbee on Vimeo.

Dores musculares outra vez?

Ter dores musculares normalmente resulta dos músculos estarem a fazer um esforço diferente aquele para que estão realmente preparados, ou por fazer esforços no limite das tuas capacidades.
Estas dores correspondem a pequenas roturas das fibras musculares e o resultado é uma recuperação da fibra para um estado ainda melhor que o inicial. É este o efeito do treino.
Contudo, se o teu músculo tiver um tempo de recuperação menor daquele que realmente necessita, acaba por não se reparar completamente, não obtendo os mesmos benefícios, podendo inclusivamente chegar a um estado de sobretreino, nada recomendável. Quando tiveres dores muito intensas em determinados músculos, simplesmente dá-lhes descanso; treina outras partes do teu corpo. Muda de actividade e não te esqueças de alongar no final da sessão.
Se tiveres os músculos muito contraídos, experimenta um banho de imersão com água morna, relaxante.
in Revista Sport Life

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Treinamento e descanso: qual a combinação ideal?

Na preparação para uma corrida, treinar e descansar são partes de um mesmo todo. Tanto os corredores experientes quanto os novatos devem estar atentos aos princípios do treinamento esportivo que falam sobre a individualização da carga de treinamento e do repouso e durante o próprio treinamento (pausas).Há corredores que acreditam que devem treinar muito (além) para obterem boas marcas. No entanto, se não houver o controle da carga e a programação de períodos de recuperação (pausa e repouso), o risco de cometer excessos será prejudicial à saúde do corredor e ao seu desempenho.

Não é difícil se cometer excessos durante a preparação para uma competição. Um treino longo com os amigos que não esteja programado, por mais confortável que seja o ritmo, pode prejudicar uma semana toda de treinos pela.
O mesmo é válido para um treino intervalado em que o corredor acaba "embalando" nos desempenhos alheios e o treino passa a ser uma disputa sem sentido. Conclusão: o corredor não consegue cumprir com a programação estipulada (devido a uma intensidade superior às suas possibilidades) e desgasta-se ao extremo, prejudicando seus treinamentos posteriores. Há corredores que treinam muito e... competem muito mal. Os "leões de treinos" geralmente transformam-se em "gatinhos mansos" nas competições. Evite essa companhia em seus treinos!
O corredor que concentrar seus esforços em fazer uma preparação adequada (observando-se quilometragem, ritmo e repouso individualizados) tem mais chances de ver seu resultado melhorar com o passar do tempo. Nada se consegue facilmente, mas com dedicação, perseverança e muita disposição. Fórmulas milagrosas e treinos mágicos estão fora de cogitação quando o assunto é treinamento de corrida!

DOSE CERTA DE TREINO E DESCANSO. Se por um lado treinar em excesso é prejudicial, descansar demais é bom? A questão do descanso muitas vezes não é bem compreendida pelos corredores e até por treinadores. Geralmente se dá muita importância aos exercícios físicos, técnicos e táticos, esquecendo-se de que o descanso é parte indissociável do processo de treinamento. O corredor deve encontrar o equilíbrio entre treinamento e descanso. O repouso em demasia, assim como o treino em excesso, não permite a melhora do condicionamento físico.

E qual a explicação para o fato de que o descanso exagerado pode ser tão prejudicial quanto o excesso de treinamento? Quando se treina, os recursos energéticos são reduzidos; durante o período de recuperação ocorre a restauração dos estoques de glicogênio nos músculos em um nível superior àquele em que o corredor iniciou o treinamento. Assim, "descansar em excesso" significa perder o melhor momento para aplicar um novo estímulo, ou seja, treinar novamente. Essa compensação induzida pelo treinamento é responsável em parte pela melhora do condicionamento do corredor.

No entanto, essa compensação tem tempo de duração determinado. Para que o corredor aproveite o fator treino x recuperação de modo eficaz, ele deve treinar no momento oportuno, ou seja, quando a compensação dos recursos energéticos estiver em seu ponto mais elevado. Caso contrário desperdiçará o nível ampliado de suas reservas energéticas, retornando ao ponto inicial do treino anterior. Ou seja, se descansar demais, passará do ponto e não obterá os benefícios proporcionados pelo treinamento anterior.

Por outro lado, se o corredor treinar antes que ocorra a compensação dos recursos energéticos, duas situações podem ocorrer:
1) Se a compensação alcançar o nível inicial do treino anterior e houver um novo treinamento, a condição física do corredor não melhora, mas também não piora.
2) Se a compensação não alcançar o nível inicial e houver treinamento, o condicionamento piora, pois não houve tempo necessário sequer para o restabelecimento do nível inicial dos recursos energéticos.

A duração do descanso para que ocorra o fenômeno da compensação depende do tipo de treinamento realizado e também das ações do corredor durante o repouso. Ou seja, horas adequadas de sono, lazer e alimentação correta são fundamentais para que o processo de restauração das reservas de energia seja um sucesso e para que o corredor esteja novamente pronto para um novo treino ou competição.

Se o corredor for "obrigado" a descansar, seja por uma lesão ou por outros compromissos, deve ter a consciência de que o condicionamento será prejudicado. Assim, qualquer que seja o motivo da interrupção do treinamento, o corredor deverá retornar aos treinos de modo suave e gradual. Nada de tiros fortes imediatamente após um longo período de inatividade! Por incrível que pareça, muitos fazem exatamente isso!

RECUPERAÇÃO DE CADA TREINO.

O tempo estimado de recuperação de cada tipo de treinamento deve ser observado com rigor, pois significa que o corredor poderá realizar outro treino com as mesmas características somente após esse intervalo de descanso. Realizar dois treinos de características idênticas antes do descanso ideal é prejudicial ao rendimento e à saúde, pois o organismo do corredor ainda não se encontra preparado para uma nova carga de trabalho idêntica.

O organismo se recupera mais rápido de treinos de menor duração e maior intensidade do que em relação aos treinos mais longos e de menor intensidade. No dia seguinte aos treinos fortes (seja em duração ou intensidade), é recomendável realizar treinos leves e regenerativos (trotes na grama e alongamentos, por exemplo), pois isso auxilia no processo de recuperação (descanso ativo). Os trotes na grama não devem ir além dos 25-40 minutos e o ritmo deve ser suave. Os alongamentos, na medida correta (sem forçar os músculos além do seu natural e permanecendo na posição entre 20-30 segundos), servem para "desintoxicar" a musculatura.

Além da observação dos tempos estimados para recuperação, o corredor também deve aprender a "ouvir" o seu corpo entre as sessões de treinos. Assim, se no dia seguinte a uma rodagem de 1 hora em ritmo confortável, o corredor sentir seus músculos doloridos ou uma fadiga não habitual, o ideal é treinar leve ou até mesmo descansar.

O desequilíbrio entre treinamento e descanso pode levar ao overtraining, isto é, a um estado de esgotamento da capacidade orgânica. Sinais como desânimo, falta de apetite, queda no rendimento em treinos e competições, insônia ou desejo exagerado em descansar, alterações na freqüência cardíaca de repouso e treinamento (para um determinado ritmo de corrida), podem ser indícios de que algo está errado. O excesso de treinamento, se detectado a tempo, poderá ser corrigido em uma semana; porém, se for negligenciado, pode levar meses para uma completa recuperação.O treinamento ideal deve considerar fatores como a idade, o sexo, o estado geral de saúde, nível de condicionamento, tipo de treinamento realizado, disponibilidade para treinar e objetivos. Cada corredor deve elaborar a sua proposta de treinamento conforme os fatores mencionados. Somente assim a combinação ideal entre treinamento e descanso será encontrada e o corredor será beneficiado por uma preparação adequada para a obtenção de marcas cada vez melhores.
Por MARCELO AUGUSTI (mr-running@uol.com.br)

terça-feira, 19 de maio de 2009

13 kms do Guincho "Entre Serra e Mar" - 17 de Maio

A 3ª edição dos 13 Km do Guincho "Entre Serra e Mar", realizado no passado fim-de-semana, deu Paulo Gonçalves (Clube de Montanhismo da Guarda) e Lucinda Moreiras (NCL Sport Club) como vencedores, repetindo ambos os triunfos das edições anteriores.Numa corrida pedestre pelos trilhos de montanha existentes nas proximidades da ponta mais ocidental da Europa, Paulo Gonçalves voltou a subir ao primeiro lugar do pódio (no ano passado foi primeiro com 48m32s), percorrendo os 13 km do percurso em 46m27s. Na segunda posição chegou Sérgio Azevedo(GDC Castelo de Paiva), a 1m35s de Gonçalves e à frente do seu companheiro de equipa Vítor Barbosa, que completou o pódio gastando 48m12s.
Lucinda Moreiras somou a sua quarta vitória esta épocaEm femininos, Lucinda Moreiras repetiu a vitória que havia conseguido na primeira edição desta prova, ao terminar os 13 Km em 54m54s, à frente da sua irmã Mónica Moreiras (NCL Sport Club) terceira classificada com 1h01m50s e de Rosa Madureira (Núcleo de Atletismo de Matosinhos), que terminou na segunda posição a 36 segundos de Lucinda Moreiras.
Em termos colectivos, o conjunto da GDC Castelo de Paiva conquistou o primeiro lugar, relegando as formações do CCDT CM Gondomar e do NucleOeiras para o segundo e terceiro postos respectivamente.
Com esta vitória, Paulo Gonçalves passa a ser o líder do Circuito Nacional de Montanha Salomon 2009, enquanto Luncinda Moreiras dá mais um passo importante para a conquista do título do Circuito Nacional de Montanha que lhe pertence desde 2003.
Esta terceira edição dos 13 Km do Guincho "Entre Serra e Mar", que contou com a participação de 420 atletas e caminheiros, é a quarta prova integrada no Calendário Oficial de Corrida em Montanha da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada (FPME), prossseguindo, no próximo dia 31 de Maio, na Serra da Estrela com a realização do 3º Circuito dos 3 Cântaros, no decurso do qual se irá disputar o Campeonato de Portugal de Corrida em Montanha da FPME, numa prova de igual modo integrada no Circuito Mundial de Trial.
Classificação Geral Individual:
1º Paulo Gonçalves (Clube de Montanhismo da Guarda) - 46:27 - 1º V1
2º Sérgio Azevedo (GDC Castelo de Paiva) - 48:03 - 1º SM
3º Vitor Barbosa (GDC Castelo de Paiva) - 48:12
4º Antero Moreira (Núcleo de Atletismo de Matosinhos) - 49:23
5º Belmiro Ferreira (CCDT CM Gondomar) - 49:52 - 1º V2
6º Alexandre Soares (GD Amaro's Joalheiros) - 50:10 - 1º V3
7º Orlando Valente (CCDR Fundo de Vila) - 50:16
8º José Brito (CCDT CM Gondomar) - 50:26
9º Paulo Dias (NucleOeiras) - 50:54
10º Joaquim Barbosa (GDC Castelo de Paiva) - 50:56
11º Augusto Pereira (CCDT CM Gondomar) - 50:59 - 1º V4
24º Lucinda Moreiras (NCL Sport Club) - 54:54 - 1ª Feminina
27º Rosa Madureira (Núcleo de Atletismo de Matosinhos) - 55:30 - 2ª Feminina
42º Carlos Tomé (Clube Millennium bcp) - 59:52 - 1º V5
48º Avelino Pereira (CCDT CM Gondomar) - 1:00:46 - 1º V6
53º Mónica Moreiras (NCL Sport Club) - 1:01:50 - 3ª Feminina
72º Paula Fernandes (Individual) - 1:05:32 - 4ª Feminina
88º Ana Cristina Mendes (Individual) - 1:07:54: - 5ª Feminina
Classificação Geral Colectiva:
1º GDC Castelo de Paiva - 2h27m11s
2º CCDT CM Gondomar - 2h31m17s
3º NucleOeiras - 2h40m02s
4º NCL Sport Club - 2h42m48s
5º CCDR Fundo de Vila - 2h43m28s

13 kms do Guincho "Entre Serra e Mar" - 17 de Maio


Veja aqui os resultados de mais uma etapa do Circuito Solomon de Montanha.

3º Grande Prémio da Marginal - Vila do Conde - Póvoa do Varzim

Veja aqui os resultados do 3º Grande Prémio da Marginal - Vila do Conde - Póvoa do Varzim, realizado no Domingo, dia 17 de Maio.

1000 Visitas!!!

O blogue do GDSPO atingiu as 1000 visitas hoje, dia 19 de Maio, pelas 0h38m... É caso para dizer... venham mais 1000... pelo menos!!!

domingo, 17 de maio de 2009

Marisa Barros Vence Corrida da Mulher - 17 de Maio


A maratonista Marisa Barros, da SportZone Running Team, venceu este domingo a Corrida da Mulher em atletismo, que reuniu milhares de participantes nas principais artérias do Porto. Marisa Barros acabou os 4 quilómetros do percurso em 12.30 minutos e ganhou com mais do que um minuto de vantagem sobre o duo de atletas do FC Porto constituído por Lídia Sousa e Sónia Fernandes, ambas creditadas com 13.48.

Jéssica Augusto e Fernanda Ribeiro, símbolos de duas gerações de atletas de alto nível, fizeram a prova apenas em ritmo de treino, deixando-se ficar dentro do pelotão feminino que ia evoluindo pelas ruas até à meta.

A prova angariou 14.250 euros para a Liga Portuguesa Contra o Cancro, ao seu Núcleo Regional do Norte, com especial enfoque na prevenção e luta contra o cancro da mama, uma das formas da doença que mais afecta o sexo feminino.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Meia-maratona de Cortegaça - fotos dos nossos atletas

José Ribeiro
Orlando Valente



Marco Pinto



Mário Nogueira




Manuel Freitas




José Gomes

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Maratona Carlos Lopes sem vedetas

Com um orçamento limitado (menos 30 por cento do que em 2008), a 4.ª edição da Carlos Lopes Gold Marathon, a realizar no domingo, entre os casinos do Estoril (partida às 8.30) e de Lisboa (na Expo), não contará com a presença de primeiros planos.
"Não contratámos ninguém, mas temos a informação de que há três quenianos inscritos, tendo em vista ganharem os prémios para os primeiros", explicaram Carlos Lopes, cuja Fundação realiza a prova, e o seu filho Nuno, principal responsável pela organização.
Os prémios ascendem a 3.000 euros para os vencedores e abrangem os 10 primeiros (2.000 e 1.000 para os 2.º e 3.º) e as 5 primeiras (2.000 e 800). Entre os portugueses, os principais nomes são os de Elisabete Lopes (Maratona), vencedora em 2008 (2.46.10 em estreia), e Luís Silva (Adercus), 10.º na última Maratona do Porto, com 2.19.58. Segunda a organização, estão inscritos 300 concorrentes na maratona, 250 na Corrida Solidária, de 5 km (Estoril-Cascais-Estoril, às 8.30), e 750 na Bike Marathon (partida às 8h).
Ontem, na apresentação da prova, no Casino de Lisboa, foi entregue a Paulo Guerra o troféu da Fundação do Desporto referente a 2001, que o atleta, que acabara de ser campeão europeu de corta-mato, não pudera receber na altura...

quinta-feira, 7 de maio de 2009

7º Circuito de Arouca - Senhora da Mó - Circuito Nacional de Montanha Salomon 2009

Alguns atletas do GDSPO lançaram-se à aventura e participaram no 7º Circuito de Arouca - Senhora da Mó. O calor, para além do previsível desnível (acentuadíssimo em alguns casos), foi um dos principais adversários dos nossos atletas.
Foram alcançadas as seguintes classificações:
-34º-Marco Pinto- 1h06m29;
-36º-Avelino Freitas- 1h06m34;
-42º-Nuno Pinto- 1h07m57;
-63º-Mário Nogueira- 1h12m59.
A próxima prova terá lugar no dia 10, em Cortegaça.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Corrida do Benfica marcada por agressões entre adeptos

A Corrida do Benfica ficou marcada por um incidente entre adeptos encarnados, precisamente. Um apoiante do clube da Luz resolveu ironizar com a figura do presidente Luís Filipe Vieira e acabou por dar-se mal. Houve murros, pontapés e uma fúria incontrolável de um adepto que não gostou do sarcasmo. O incidente começou ainda antes do tiro de partida

Um adepto vestido com uma batina preta colocou-se à frente dos participantes com uma cruz também preta, na qual colocou uma fotografia da cara de Vieira no topo. À reportagem da TVI, o adepto explicou, muito ironicamente, que aproveitava a canonização de Nuno Álvares Pereira este domingo em Roma para solicitar ao Vaticano a canonização de também Luís Filipe Vieira.

Logo antes da partida o referido adepto foi vaiado pelos restantes benfiquistas. Quando foi aberta a corrida, vários apoiantes do clube dirigiram-se a ele para pedirem explicações. Entre eles, houve um mais exaltado (há sempre um mais exaltado) que não se ficou pelas palavras: destruiu a cruz, fez ameaças, pediu que o largassem e acabou por trocar agressões com o alvo da fúria.

Luís Filipe Vieira nem se apercebeu do ocorrido. O presidente encarnado correu os cinco quilómetros e no final prometeu que para o ano estará mais bem preparado fisicamente. Para a história fica o incidente entre adeptos, naquela que era suposto ser uma prova de confraternização do universo encarnado.

video

Queniano Sammy Wanjiru vence a Maratona de Londres


O actual campeão olímpico confirma favoritismo com 2h05min10; alemã Irina Miktenko leva entre as mulheres

O queniano Sammy Wanjiru, actual campeão olímpico, conquistou neste Domingo a vitória na Maratona de Londres. Ele completou o percurso de 42.195 km com o tempo de 2h05min10. Entre as mulheres, a vencedora foi a alemã Irina Mikitenko, com 2h22min11.

Wanjiru, de 22 anos, confirmou o favoritismo, uma vez que ele não teve a concorrência do compatriota Martin Lel, três vezes campeão, que anunciou no sábado que não competiria por causa de uma lesão.

O atleta queniano chegou à frente do etíope Tsegaye Kebede. O marroquino Jaouad Gharib completou o pódio em terceiro lugar.

HOMENS
1.º Sammy Wanjiru (QUE) - 2h05min10
2.º Tsegaye Kebede (ETI) - 2h05min20
3.º Jaouad Gharib (MAR) - 2h05min27
4.º Emmanuel Mutai (QUE) - 2h06min53
5.º Hendrick Ramaala (AFS) - 2h07min44
6.º Abderrrahim Goumri (MAR) - 2h08min25
7.º Yonas Kifle (ERI) - 2h08min28
8.º Atsushi Sato (JAP) - 2h09min16
9.º Meb Keflezighi (EUA) - 2h09min21
10.º Felix Limo (QUE) - 2h09min47

MULHERES
1.º Irina Miktenko (ALE) - 2h22min11
2.º Mara Yamauchi (ALE) - 2h23min12
3.º Liliya Shobukova (RUS) - 2h24min24
4.º Svetlanka Zakharova (RUS) - 2h25min06
5.º Berhane Adere (ETI) - 2h25min30
6.º Inga Abitova (RUS) - 2h25min55
7.º Catherine Ndereba (QUE) - 2h26min22
8.º Tomo Morimoto (JAP) - 2h26min29
9.º Gete Wami (ETI) - 2h26min54
10.º Lyudmila Petrova (RUS) - 2h27min42

Próximas provas em que estará presente o GDSPO - Maio de 2009

- Dia 1 (Sexta-feira) - Corrida do 1º de Maio - 9h00 - Porto - Organização CGTP


- Dia 3 (Domingo) - 7º Circuito de Arouca - Senhora da Mó - Circuito Nacional de Montanha Salomon 2009 - http://www.terrasdaventura.net/

- Dia 10 (Domingo) - Meia-maratona de Cortegaça (Ovar)

domingo, 26 de abril de 2009

25 de Abril - Estafeta Volta ao Concelho de Espinho


A equipa de Veteranos do GDSPO cortou a meta em terceiro lugar no seu escalão, obtendo desta forma uma excelente prestação... bem como mais um trofeu para a vitrine do clube!

A equipa foi constituída por Orlando Valente, Mário Nogueira, José Ribeiro, José Sá e José Gomes.

A prova teve início em frente à Câmara Municipal de Espinho e percorreu todas as restantes freguesias do concelho - Guetim, Anta, Silvalde e Paramos.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

32º Grande Prémio da Lourocoop - Lourosa - Dia 29 de Março

Decorreu no passado Domingo, dia 29 de Março, na vizinha cidade de Lourosa o 32º Grande Prémio da Lourocoop. Como não podia deixar de ser, os atletas do GDSPO participaram nesta tradicional competição, tendo obtido as classificações que se seguem:
-Séniores masculino (5 100 metros):
14º - Marco Pinto - 17'22"
22º - Nuno Pinto - 18'25"
23º - Avelino Freitas - 18'26"
40º - Rui Oliveira - 24'39"
-Veteranos (3 400 metros):
25º - José Sá - 12'08"
38º - Manuel Freitas - 12'26"
39º - Orlando Valente - 12'29"
43º - José Ribeiro - 12'37"
73º - Jorge Silva - 13'43"
A próxima competição terá lugar no Domingo, dia 5 de Abril, em Macieira de Sarnes, Oliveira de Azemeis.

domingo, 1 de março de 2009

Corta-mato das Beiras (Mangualde) - 15.02.2009

Atleta José Gomes em acção

Campeonato Distrital de Corta Mato Longo - Oliveira do Bairro


Realizou-se no passado dia 22 de Fevereiro o Campeonato Distrital de Corta Mato Longo na cidade de Oliveira do Bairro.
Os atletas do GDSPO estiveram presentes na prova de séniores (na distância de 11kms), tendo alcançado os seguintes resultados:
-46º - Marco Pinto (46'42'')
-59º - Avelino Freitas (48'05'')
-70º- José Gomes (49'00'')
-75º - Nuno Pinto (49'37'')
-77º - Orlando Valente (49'52'')
-89º - José Ribeiro (52'32'')
-93º - Luís Nogueira (52'48'')
-105º - José Rodrigues (55'05'')
Por equipas - 11 lugar - 250 pontos
Resultados completos em